2008-01-04 - Introdução ao Kernel Linux

04 de janeiro

Introdução ao Kernel Linux

Para quem não entende muito bem este lance de kernel do linux, vou explicar superficialmente:
O Linux em sí é um "programa" chamado kernel que controla a parte física do computador(Hardware).
Estes programas do tipo kernel só podem ser usados por outros programas, e são o coração do computador. O kernel é o Sistema Operacional puro, que controla o processador, memória e instruções de hardware, entre outras coisas.
Todo sistema operacional(O.S.) tem seu kernel. Claro que por causa dos infindáveis tipos de hardware, é necessário que se tenha outros programas ou informações que o kernel precisa para controlar o hardware, estes programas são chamados no windows de drivers, e no linux de modulos.
Muitos tipos de hardwares são suportados diretamente pelo kernel do linux, mas se você não tem um hardware específico em seu computador, então você não precisa do módulo dele instalado pra você. No Windows você não tem saída. Todos os dispositivos de hardware que vêm com suporte nativo do windows estão lá. Querendo você ou não, e ocupando um espaço desnecessário em sua instalação. Por isto existe no linux a opção de configurar o kernel, ativando apenas o que você precisa. Assim você tem a liberdade de criar o seu sistema personalizado, enxuto e íntegro.
A configuração do kernel do linux é simples. O difícil é você adquirir os conhecimentos necessários do seu hardware e das opções do kernel que você quer. É necessário que você estude muito a documentação do kernel para ter este conhecimento.
As distros nada mais são, do que uma configuração compilada do kernel do linux somados a um pacote de programas. Tudo pra facilitar a vida de usuários que normalmente não têm o conhecimento necessário para criar sua própria distro, ou simplesmente acham perca de tempo reinventar a roda.

Espero que esta breve e resumida informação seja útil.

Abs,
Ton
Postar um comentário

Postagens mais visitadas